Wagner e Gabrielli assinam acordo para fornecimento de gás na Bahia

Em concorrida solenidade realizada nesta segunda-feira (1) na parte da tarde, o governador da Bahia, Jaques Wagner, e o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, assinaram acordo para a ampliação do fornecimento de gás no Estado. A Petrobras e a Bahiagás, distribuidora de gás do Estado da Bahia, iniciam, este mês, o fornecimento de gás natural na região sul do estado. As duas companhias assinaram acordo comercial para atendimento ao mercado de Itabuna.

Com a presença de quase todo o quadro de secretários estaduais, o governador baiano também assinou termos de compromisso para fornecimento do combustível da Bahiagás para as empresas Bahia Sul Celulose, Veracel, Triffil, Nestlé e postos de gás natural veicular do sul e extremo sul da Bahia.

O gás natural para atender esta região será transportado pelo Gasene, gasoduto da integração Sudeste-Nordeste. Com 1.387 km de extensão, o gasoduto interliga as malhas das duas regiões do país, estendendo-se do Rio de Janeiro à Bahia, e permite levar, ao Nordeste, o gás natural produzido nas bacias do Sudeste. O Gasene contribui para o desenvolvimento da região Nordeste ao aumentar a oferta de gás natural para seus Estados.

Esse acordo comercial permitirá a antecipação da entrega de 20 mil m³/dia de gás à Bahiagás para atender ao mercado de Itabuna. Com forte potencial de crescimento, a expectativa é de que a chegada do gás natural à região adicione 500 mil m³/dia ao consumo do estado até 2014. Em 2009, o consumo médio de gás natural no estado da Bahia foi de 3,1 milhões de m³/dia. O estado é, hoje, o terceiro maior mercado consumidor industrial do produto, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro.

%d blogueiros gostam disto: