Brito recebe Jaques Wagner para tratar dos portos baianos

Em audiência hoje, 26, o Ministro dos Portos Pedro Brito garantiu ao Governador da Bahia, Jaques Wagner, que enviará à Antaq – Agência Nacional de Transportes Aquaviários, a portaria da Secretaria dos Portos – SEP com as diretrizes que permitirão à Antaq realizar o primeiro leilão de concessão de um porto público no país, que será o do Porto Sul, em Ilhéus. Antaq considera necessária a elaboração de um Projeto Básico de Engenharia acompanhado de Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE) e a licença ambiental como elementos necessários à licitação. As três condicionantes já estão sendo providenciadas pelo governo do estado, disse o governador.

O governador Jaques Wagner afirmou que todos os elementos técnicos necessários à viabilizar a construção do Porto Sul estão sendo atendidos pelo estado da Bahia. "Estamos entusiasmados com o projeto que vai nos permitir dar um salto importante por meio de uma parceria público-privada que visa à integração e maior agilidade no escoamento de minérios, graõs e biocombustíveis, ouvindo todos os setores envolvidos e preservando o meio ambiente", destacou.

Wagner ouviu do ministro Pedro Brito que os portos baianos terão uma nova logística depois da dragagem que será realizada em março deste ano. O convênio assinado no dia 09 de dezembro com as empresas JDN e Dratec, no valor de R$ 89 milhões, deixará o Estado com a profundidade de mercado, -15 metros. Segundo Brito, a dragagem também irá beneficiar os investimentos que serão realizados para a Copa de 2014, por meio da SEP. Serão investidos R$ 27,4 milhões para a adaptação do armazém para terminal marítimo de passageiros, pavimentação (urbanização de acessos e estacionamento) no Porto de Salvador.

Brito concordou com a solicitação do governador que deseja viabilizar a construção de um novo terminal de contêineres no Porto de Aratu e sinalizou a intenção de estar presente durante a chegada das dragas que irão realizar os trabalhos de aprofundamentos dos canais.

"A Bahia está fazendo o seu dever de casa no sentido de garantir as condições para a realização do leilão o mais breve possível", afirmouo o Secretário Roberto Benjamin, dos Portos.

Com informações da Secretária dos Portos – SEP

%d blogueiros gostam disto: