Wagner inaugura sexta-feira (27) obras de infra-estrutura e saúde em Conceição do Coité, Araci e Teofilândi a

Nesta sexta-feira (27), às 9h, o governador Jaques Wagner inicia uma nova jornada de viagens até o território do Sisal para inaugurar obras de infra-estrutura, saúde e do Programa Água para Todos nos municípios de Conceição do Coité, Araci e Teofilândia (a 220 km de Salvador).

Conceição do Coité – O percurso de Wagner começa ao lado do prefeito Renato Souza (PP), de Conceição do Coité, que inauguram juntos a nova Agência do Banco do Nordeste, além de entregarem a pavimentação das ruas do bairro da Jaqueira, após um investimento de R$ 265 mil do governo estadual.

Ainda na cidade, Wagner assina ordem de serviço para a execução de obras do Programa Água para Todos no valor de R$ 6 milhões. Também autoriza mais R$ 350 mil para a implantação de sistema simplificado de abastecimento de água nas localidades de Balaio, Altinho da Vargem, Lagoa das Porteiras e Juazeirinho, em beneficio de aproximadamente mil pessoas, bem como, convênio de construção de Unidade de Saúde da Família (USF).

Araci – Ás 11h, Wagner visita o município de Araci para inaugurar e entregar a prefeita Maria Edneide Torres (DEM) sete (7) Unidades de Saúde da Família, em beneficio de 48 mil pessoas. É um investimento de R$ 882 mil, que atende os moradores das localidades de Tapuiu, João Vieira I, Barreira, Tiracol, Cascalheira, Bombinho e Ribeira.

Na oportunidade, o governador baiano também inaugura mais um Centro Digital de Cidadania, no distrito de Pedra Alta, além de autorizar a recuperação do sistema simplificado de abastecimento de água das comunidades de Caldeirão e Volta.

Teofilândia – À tarde, às 14h, Wagner inaugura Centro Digital da Cidadania (CDC) no município de Teofilândia, após parceria com a Associação do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Rurais. Em seguida, assina convênio com o prefeito Tércio Nunes (PDT) para a construção de Unidade de Saúde da Família (USF), além de autorizar a construção da Praça do Povoado de Setor e 50 casas para pessoas de baixa renda pela Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder).

%d blogueiros gostam disto: