SAÚDE EM MOVIMENTO JÁ REALIZOU MAIS DE 5 MIL ATENDIMENTOS EM CAETITÉ

A etapa de Caetité da Estratégia Saúde em Movimento, ação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), já realizou nos quatro primeiros dias, mais de 5 mil atendimentos oftalmológicos. A equipe de profissionais da estratégia ficam na cidade até o dia 30 de novembro e a previsão é que até o final da ações, mais de 15 mil pessoas sejam atendidas. "Nosso objetivo, com a implantação do Saúde em Movimento, é de proporcionar a população das cidades do interior da Bahia atendimentos especializados, em regime de mutirão, suprindo a elevada demanda reprimida existente nestas áreas", informou o secretário estadual da Saúde, Jorge Solla.

O Saúde em Movimento, teve sua primeira ação realizada na cidade de Mortugaba, a pouco mais de um mês e conta uma equipe formada por mais de 60 profissionais, entre médicos, enfermeiros, instrumentistas, técnicos e profissionais de outras áreas. A cada dia, o Saúde em Movimento se consolida como uma das maiores ações de saúde itinerante, com resolutividade, promovida no Brasil. Em apenas um mês, o Saúde em Movimento já realizou mais de 20 mil procedimentos oftalmológicos, entre consultas, exames diagnósticos, oferta de óculos e realização de cirurgias.

Foram 16 mil atendimentos no município de Mortugaba e mais 5 mil em Caetité, em quatro dias de trabalho, "eu tenho 26 anos de medicina e não conheço nada parecido com o que estamos participando aqui na Bahia", comentou Afonso Celso das Neves, oftalmologista da equipe.

O agricultor aposentado, Antônio Pereira, de 83 anos, se deslocou da cidade de Condeúba, distante de Caetité cerca de quatro horas de ônibus, para realizar o sonho de voltar a enxergar. Após a realização da cirurgia, Antônio estava eufórico com a maneira com que foi atendido. "cheguei aqui às 11h e antes das 17 eu já estou liberado. Tudo foi muito rápido e eu não gastei nada, foi ótimo", festejou o agricultor, ainda sem acreditar na rapidez e na qualidade com que foi atendido.

Responsável médico pela equipe, Fábio Vieira confirma a informação do seu colega e amplia afirmando que no final desta ação, certamente o governo da Bahia entrará para a história por realizar a maior estratégia de atendimento médico-cirúrgico itinerante do Brasil. "Estou aqui porque acredito no projeto e também para realizar um gesto de cidadania histórico. Não tem dinheiro que pague a alegria que estou sentido em devolver a visão para esse povo", comemorou.

A respeito dos critérios para a identificação das necessidades, a diretora da Diretoria de Controle e Avaliação da Sesab (DICON) e coordenadora da estratégia, Cláudia Rodrigues, informa que foram feitos a partir do levantamento do perfil epidemiológico na Bahia e das especialidades médicas mais carentes de profissionais no estado. Ela disse que o critério, desta primeira etapa a escolha pelo atendimento oftalmológico, com 59 procedimentos, foi motivado pela elevada demanda reprimida para as cirurgias de catarata e pterígio e também para atender os alunos inscritos no TOPA, Todos pela Alfabetização, programa da Secretaria Estadual de Educação(SEC). "Já estamos em estudo para realizar atendimentos em outras especialidades", anunciou.

%d blogueiros gostam disto: