Archive for novembro, 2009

28/11/2009

Wagner lança em Caetité maior programa de saúde itinerante do Brasil

Nesta manhã (28) de sábado, no município de Caetité, o governador Jaques Wagner iniciou a sua jornada pelo território do Sertão Produtivo ao lançar no município de Caetité (a 757 km de Salvador), o Programa Saúde em Movimento, a maior experiência de saúde itinerante em curso no Brasil.

Ao lado do prefeito José de Alencar (PP), o governador visitou as instalações que comportam uma equipe de 70 profissionais de saúde, que realizam um mutirão de consultas, exames e cirurgias oftalmológicas. O prédio é um hospital construído em gestões anteriores, desativado pela ausência de equipamentos que nunca chegaram.

Para a população que já tinha perdido as esperanças, assistir 19 mil pessoas serem atendidas no prédio com tratamento oftalmológico, realimenta o sonho de transformar o elefante branco de hoje, numa Unidade de Pronto Atendimento (UPA) anunciada pelo governador Wagner, que já será instalada numa ala do hospital.

Os principais beneficiados são os alunos do Programa Todos Pela Alfabetização (TOPA), que recepcionaram Wagner e emocionaram o governador ao relatarem a experiência de cada um, após saírem da mesa de cirurgia enxergando melhor para aprenderem depois de velhos a ler e escrever uma nova história. Desde o último dia 20 estão sendo realizadas em média 150 operações de cataratas por dia até a próxima segunda-feira (30) em Caetité.

Anúncios
27/11/2009

Prefeita do DEM: Wagner nos mostra uma maneira civilizada de governar

“Quero saudar esta obra maravilhosa que o governador trouxe para a nossa Araci. Isso é uma demonstração da democracia que vigora hoje na Bahia. Eu, uma prefeita do DEM. Ele, um governador do PT. Wagner nos mostra uma maneira civilizada de governar”, disse Maria Edneide Pinho, prefeita de Araci pelo DEM ao falar das sete unidades do Programa Saúde da Família entregues hoje pelo governador, cuja abrangência chega a 100% da população do município.

26/11/2009

Wagner inaugura sexta-feira (27) obras de infra-estrutura e saúde em Conceição do Coité, Araci e Teofilândi a

Nesta sexta-feira (27), às 9h, o governador Jaques Wagner inicia uma nova jornada de viagens até o território do Sisal para inaugurar obras de infra-estrutura, saúde e do Programa Água para Todos nos municípios de Conceição do Coité, Araci e Teofilândia (a 220 km de Salvador).

Conceição do Coité – O percurso de Wagner começa ao lado do prefeito Renato Souza (PP), de Conceição do Coité, que inauguram juntos a nova Agência do Banco do Nordeste, além de entregarem a pavimentação das ruas do bairro da Jaqueira, após um investimento de R$ 265 mil do governo estadual.

Ainda na cidade, Wagner assina ordem de serviço para a execução de obras do Programa Água para Todos no valor de R$ 6 milhões. Também autoriza mais R$ 350 mil para a implantação de sistema simplificado de abastecimento de água nas localidades de Balaio, Altinho da Vargem, Lagoa das Porteiras e Juazeirinho, em beneficio de aproximadamente mil pessoas, bem como, convênio de construção de Unidade de Saúde da Família (USF).

Araci – Ás 11h, Wagner visita o município de Araci para inaugurar e entregar a prefeita Maria Edneide Torres (DEM) sete (7) Unidades de Saúde da Família, em beneficio de 48 mil pessoas. É um investimento de R$ 882 mil, que atende os moradores das localidades de Tapuiu, João Vieira I, Barreira, Tiracol, Cascalheira, Bombinho e Ribeira.

Na oportunidade, o governador baiano também inaugura mais um Centro Digital de Cidadania, no distrito de Pedra Alta, além de autorizar a recuperação do sistema simplificado de abastecimento de água das comunidades de Caldeirão e Volta.

Teofilândia – À tarde, às 14h, Wagner inaugura Centro Digital da Cidadania (CDC) no município de Teofilândia, após parceria com a Associação do Movimento de Mulheres Trabalhadoras Rurais. Em seguida, assina convênio com o prefeito Tércio Nunes (PDT) para a construção de Unidade de Saúde da Família (USF), além de autorizar a construção da Praça do Povoado de Setor e 50 casas para pessoas de baixa renda pela Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder).

25/11/2009

Jornada no Baixo Sul termina com entrega de 295 títulos de terra em Taperoá

Após autorizar obras de infra-estrutura em Piraí do Norte e do Programa Água para Todos em Teolândia, o governador Jaques Wagner encerrou no município de Taperoá (a 282 km de Salvador) a jornada desta quarta-feira (25) no território do Baixo Sul.

Wagner participou do Dia de Campo a convite do prefeito Antônio Brito Pinto (PT) e entregou 295 títulos de terra, 40 tanques-rede, 170 mil alevinos e 40 mil mudas de seringueira a pequenos produtores. A ação faz parte do programa de repovoamento de aguadas públicas, desenvolvido pela Bahia Pesca e que este ano já está implantado em 57 municípios, beneficiando mais de 10 mil famílias de pequenos produtores rurais.

Na oportunidade, o governador baiano também assinou convênio que amplia a oferta de água na zona rural, que estabelece a cessão de 360 metros de tubulação e três reservatórios para a prefeitura municipal ampliar a rede de abastecimento de água das localidades de Jacaré e Itiúba, em beneficio de 1.450 pessoas com o investimento de R$ 14,4 mil.

Já os 295 títulos de terra permitem que os produtores adquiram financiamento para melhorias e construções em suas propriedades, além de cadastro na Previdência Social, garantindo sua aposentadoria. Desde 2007, o governo estadual emitiu mais de 22,7 mil títulos de terra, sendo 7,5 mil somente este ano. A meta é que em 2009 sejam emitidos 10 mil títulos.

O Dia de Campo é um evento voltado para uma série de atividades voltadas para a cadeia produtiva do guaraná. O evento é realizado pela prefeitura em parceria com o Governo do Estado e outras entidades, que promove a cultura do guaraná de forma orgânica.

25/11/2009

Governador entrega escola parque reformada para a comunidade

O governador Jaques Wagner reinaugura hoje (25), antes da abertura da Conferência Estadual de Educação, o Centro Educacional Carneiro Ribeiro, conhecido como Escola Parque/ na Caixa D?água. A unidade escolar passou por intervenções para melhorias na parte física, elétrica e hidráulica e contou com um investimento de R$1,3 milhão.

Esta é a primeira grande reforma feita na unidade escolar, desde 2001, e vai beneficiar mais de 3.000 estudante, 250 professores e 100 funcionários. Modelo de educação integral para o país, a Escola Parque foi idealizada e planejada pelo educador baiano Anísio Teixeira, em 1950, tendo por objetivo revitalizar a escola primária e proporcionar educação em tempo integral à classe popular.

25/11/2009

Wagner anuncia recuperação de trecho da Ba 250 e construção de ponte no município de Piraí do Norte

Após anunciar obras do Programa Água para Todos, em Teolândia, o governador Jaques Wagner deu continuidade ao roteiro de viagens desta quarta-feira (25) no Baixo Sul para assinar convênio no valor de R$ 100 mil para a construção da ponte na sede do município vizinho de Piraí do Norte (a 320 km de Salvador) via o Programa Produzir.

Também anunciou ao prefeito Heráclito Leite (PMDB) a recuperação da BA 250, ligando Gandu a Ituberá, uma reivindicação antiga da população local, que por anos aguardava a realização dessas obras de infra-estrutura no município.

25/11/2009

Wagner autoriza obras do Água para Todos em Teolândia e escola para o povoado de Alta Alegre

Em visita ao Baixo Sul da Bahia, nesta quarta-feira (25), às 9h30, o governador Jaques Wagner autoriza obras do Programa Água para Todos no município deTeolândia (a 273 km de Salvador), além da construção de uma escola do ensino médio no povoado de Alta Alegre com 270 vagas, que será entregue dentro de pouco tempo a população local e ao prefeito Antônio Santana Júnior (PMDB).

Será implantado no município um sistema simplificado de abastecimento de água, que atenderá as localidades de Paião, Pará, Putumuruju e Sítio Vila Nova. É um investimento de R$ 397 mil, que beneficiará 780 moradores de Teolândia. O Água para Todos já alcançou 400 dos 417 municípios baianos e mais de 2,1 milhões de pessoas. Até 2010, serão investidos R$ 2,1 bilhões para garantir o acesso à água de qualidade e quantidade para 3,5 milhões de baianos.

24/11/2009

WAGNER NEGA CONOTAÇÃO POLÍTICA DA OPERAÇÃO ROTA

O governador Jaques Wagner disse há pouco ao jornalista Fernando Rodrigues, da Folha de S. Paulo em Brasília, que “não há qualquer conotação política” no episódio da Operação Rota. De acordo com o governador, a investigação estava em curso há seis meses, o que descaracteriza qualquer tentativa de utilização política do evento. Os envolvidos foram detidos para prestar depoimentos e deverão ser liberados no fim do dia de hoje.

24/11/2009

Nova Fonte Nova é prioridade para a Copa de 2014

Nesta terça-feira (24) pela manhã, em viagem a Brasília, o governador Jaques Wagner confirmou em reunião no Ministério dos Esportes o andamento das negociações para a reconstrução do Estádio Otávio Mangabeira, a Nova Fonte Nova. A nova arena esportiva é uma exigência da FIFA e requisito básico para a capital baiana sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014.“É uma decisão e temos que acelerar o andamento do processo para deixar Salvador pronta para a Copa de 2014”, afirmou Wagner.

Após uma rodada de discussão entre os técnicos dos governos federal, estadual e municipal, o governador baiano acertou com o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), o limite de empréstimo de R$ 400 milhões para a construção da arena. Também garantiu o financiamento para o aperfeiçoamento da mobilidade urbana de Salvador e Região Metropolitana, a partir de um aporte disponível no valor de R$ 560 milhões via Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal. Os recursos serão utilizados para a construção de um canal de tráfego entre Lauro de Freitas, via paralela até a Rótula do Abacaxi, desembocando na estação do metro.

A respeito de anúncio recente de uma nova arena por investidores portugueses e empresários baianos, o governador baiano explicou que torce pela concretização do investimento, mas, modera ao constatar que o projeto apresentado ainda não reúne todas as projeções para o governo interromper as negociações. “Se isso se concretizar, já que é apenas um anúncio, daremos um novo destino para a Fonte Nova, porque, não faz sentido construirmos duas arenas com o nível que a Copa do Mundo exige”, explicou Wagner.

O governador comentou que seria “ótimo” se o investimento português fosse confirmado, pois, economizaria o dinheiro gasto com a Fonte Nova para outros equipamentos em Salvador, melhorando ainda as condições da cidade para recepcionar a Copa do Mundo. A expectativa é que as obras da Nova Fonte Nova comecem em 2010 e esteja em funcionamento até o final de 2012, em tempo hábil para sediar, também, a Copa das Confederações, a ser realizada em 2013.

24/11/2009

Wagner afirma que Nova Fonte Nova continua sendo prioridade para a Copa de 2014

Nesta terça-feira (24) pela manhã, em viagem a Brasília, o governador Jaques Wagner confirmou em reunião no Ministério dos Esportes o andamento das negociações para a reconstrução do Estádio Otávio Mangabeira, a Nova Fonte Nova. A nova arena esportiva é uma exigência da FIFA e requisito básico para a capital baiana sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014. “É uma decisão e temos que acelerar o andamento do processo para deixar Salvador pronta para a Copa de 2014”, afirmou Wagner.

Após uma rodada de discussão entre os técnicos dos governos federal, estadual e municipal, o governador baiano acertou com o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) e a Caixa Econômica Federal (CEF), o limite de empréstimo de R$ 400 milhões para a construção da arena. Também garantiu o financiamento para o aperfeiçoamento da mobilidade urbana de Salvador e Região Metropolitana, a partir de um aporte disponível no valor de R$ 560 milhões via Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal. Os recursos serão utilizados para a construção de um canal de tráfego entre Lauro de Freitas, via paralela até a Rótula do Abacaxi, desembocando na estação do metro.

A respeito de anúncio recente de uma nova arena por investidores portugueses e empresários baianos, o governador baiano explicou que torce pela concretização do investimento, mas, modera ao constatar que o projeto apresentado ainda não reúne todas as projeções para o governo interromper as negociações. “Se isso se concretizar, já que é apenas um anúncio, daremos um novo destino para a Fonte Nova, porque, não faz sentido construirmos duas arenas com o nível que a Copa do Mundo exige”, explicou Wagner.

O governador comentou que seria “ótimo” se o investimento português fosse confirmado, pois, economizaria o dinheiro gasto com a Fonte Nova para outros equipamentos em Salvador, melhorando ainda as condições da cidade para recepcionar a Copa do Mundo. A expectativa é que as obras da Nova Fonte Nova comecem em 2010 e esteja em funcionamento até o final de 2012, em tempo hábil para sediar, também, a Copa das Confederações, a ser realizada em 2013.